NATUREZA
O INTERIOR DO ALGARVE COM OS SEUS SEGREDOS
PATRIMÓNIO
ONDE A ESCRITA MAIS ANTIGA DA PENISULA IBÉRICA SURGIU
CAMINHADAS
VENHA CONHECER O NOSSO TERRITÒRIO
GASTRONOMIA
AS DELICIAS DO INTERIOR
Previous
Next

ESTAMOS A PREPARAR A 8ª EDIÇÃO DO WFA

Dada a renovação do estado de emergência e a impossibilidade de nos próximos meses realizar determinados eventos, a organização decidiu alterar a data da realização da 8ª Edição do Walking Festival Ameixial de Abril para Dezembro de 2020 (fim-de-semana de 5 e 6 de Dezembro).

Mantenha-se atento às nossas redes sociais para saber quando abrem as inscrições. 

WFA – Walking Festival Ameixial foi o primeiro evento do género a realizar-se no Algarve e, possivelmente, o primeiro em Portugal. A primeira edição ocorreu em 2013 e desde então tem vindo a repetir-se anualmente.

O conceito do evento não é original, tendo o mesmo sido inspirado nos festivais de caminhadas que ocorrem regularmente na Europa.

 

Dias
Horas
Minutos
Segundos

Contudo, a temática que o festival invoca – a Escrita do Sudoeste – é única e exclusiva da região. A Escrita do Sudoeste é uma intrigante e primitiva forma de comunicação composta por 27 distintos signos esculpidos, de baixo para cima e da direita para a esquerda, em blocos de pedra que eram fixados no solo (estelas) e que foram encontrados entre as serras do Mú e do Caldeirão.

O WFA possui um programa que inclui caminhadas para todos os públicos, workshops, palestras, momentos de relaxamento, acções de arte pública e animação musical.

O WFA é promovido pela QRER – Cooperativa para o Desenvolvimento dos Territórios de Baixa Densidade, e é organizado pela Proactivetur e Projecto ESTELA, e conta com o apoio da Junta de Freguesia de Ameixial, da Câmara Municipal de Loulé e da Região de Turismo do Algarve.

Em 2019 foi assim!

ESCRITA DO SUDOESTE


ESCRITA DO SUDOESTE

A “escrita do Sudoeste” trata-se da mais antiga escrita da Península Ibérica, e uma das mais antigas da Europa. É um dos mistérios e um dos maiores tesouros da arqueologia europeia e uma imagem de marca desta serra como símbolo privilegiado da herança histórica da região. Terá aparecido há cerca de 2500 anos no Sul de Portugal e Andaluzia, concentrando-se na serra entre o Algarve e do Baixo Alentejo. É conhecida pelas pedras com inscrições – as estelas – blocos de pedra para serem fixados no solo, onde o texto era gravado e escrito em arco no sentido contrário ao nosso: de baixo para cima e da direita para a esquerda. Esta escrita ainda hoje não foi decifrada.

A iniciativa “Paisagem e Memória” que se iniciou no ano de 2016 com várias intervenções de land art inspiradas da Escrita do Sudoeste, foi realizada ao longo de várias edições.  

Esta iniciativa consistiu «na pintura de grandes dimensões em perspetiva anamórfica (imagem “deformada” que se apresenta percetível em determinada posição)». O resultado deste trabalho não só inspirar algumas das nossas caminhadas mas também constituem um roteiro  e um video.