ACTIVIDADES

PAISAGEM E MEMÓRIA

Experiência participativa em arte pública com Leonor Pêgo

A iniciativa “Paisagem e Memória” volta a realizar uma acção de arte pública aberta à participação de todos, pequenos e graúdos. Com a artista plástica Leonor Pêgo vamos realizar uma escultura/ instalação viva estruturada em torno das estelas com escrita do Sudoeste e na estética dos desenhos usados pela arqueologia. Em harmonia com a natureza iremos criar um local de descoberta, um abrigo, um ponto de encontro ou mesmo um espaço de descanso durante uma caminhada.

Bio Leonor Pêgo: É licenciada em Escultura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa (FBAUL). Em 2004, recebeu o prémio de Escultura da Galeria M.A.C.. Trabalhou como monitora da oficina de design de equipamento da FBAUL entre 2004 e 2006. Em 2005 recebeu uma Menção Honrosa no Concurso de Escultura e Pintura D. Fernado II. Expõe colectivamente no país e no exterior desde 2002. Tem esculturas públicas na freguesia do Afonsoeiro (concelho do Montijo), no Parque Recreativo do Alto da Serafina (Parque Florestal de Monsanto) e em Vila do Porto (ilha de Santa Maria, Açores).

Parceria: Projecto ESTELA
Pretende-se sistematizar a informação das estelas com escrita do Sudoeste e contribuir para o conhecimento da Idade do Ferro do Sul de Portugal.

Horário:
28.04.2018 | 14h-18h
29.04.2018 | 14h-18h

Local: Escola Primária (ponto de encontro)

Experiências de Cal na Fonte

No Festival terão oportunidade de participar numa acção de valorização da Fonte dos Revezes e seus elementos envolventes, como o banco ou o bebedouro para os animais, como era hábito nestas fontes tradicionais. Durante estes dias vamos proceder a pequenas reparações e caiação e no final, os interessados poderão caiar e desfrutar de uma pequena oficina de pintura com tintas de cal.

Bio Marco Santos e Susana Martins: A par de outras experiências profissionais, a formação na área de história e património cultural deu-nos a oportunidade de conhecer e trabalhar vertentes menos exploradas da nossa história e cultura. Neste âmbito, a mediação cultural ligada à interpretação dos elementos patrimoniais de cada lugar sempre nos atraiu. Para responder a esse desafio abraçamos este projecto com a missão de vos mostrar o Algarve numa perspectiva atraente e criativa. Venham descobri-lo connosco…

Parceria: Barroca – Produtos Culturais e Turísticos
Produtos culturais, percursos temáticos e experiências de turismo criativo, sempre ligadas à identidade do território.

Horário:
29.04.2018 | 14h-18h
Local: Escola Primária (ponto de encontro)

ESPAÇO INFANTIL

Contos e Magia

Magicando ao redor da vila é um projeto multicultural que atravessa fronteiras e barreiras no que toca à nossa identidade. Procura dar uma visão da percepção da realidade por diversas culturas através de: fábulas, lendas, danças, pintura, Magia e Música, que por sua vez convergem num mesmo sentido.

É ao redor da fogueira de mãos dadas que a vida da aldeia se vai desenrolando num circulo que simboliza o planeta onde todos pertencemos.

Um espectáculo para famílias e para as crianças em particular.

Horário:
29.04.2018 | 14h30-15h

Local: Fonte da Seiceira

Jogos do Património com a escrita do Sudoeste

Numa parceria com o Museu Municipal de Loulé vai haver um jogo divertido para os mais pequenos descobrirem a misteriosa escrita do Sudoeste, o património cultural e a natureza que existem na Serra algarvia.

Parceria: Museu Municipal de Loulé

O Museu Municipal é um equipamento cultural, permanente, ao serviço da comunidade e do seu desenvolvimento, que promove a investigação sobre vestígios do passado do homem e do seu meio ambiente, adquirindo, conservando e expondo-os com propósitos educativos, científicos e lúdicos, estimulando a salvaguarda, a valorização e a divulgação do património histórico, cultural e natural.

Horário:
28.04.2018 | 15h00-16h
Local: Fonte da Seiceira

Pinturas faciais com escrita do Sudoeste

A escrita do Sudoeste será a inspiração para fantásticas pinturas faciais com tintas à base de água.

Bio Telma Ramires: Telma Ramires, bióloga marinha, apaixonada pelas artes, natureza e crianças, quando não está criando arte, está procurando o contacto com a natureza. A arte é a melhor forma de expressão do seu ser e a natureza a sua fonte de inspiração e vitalidade… mas o melhor do mundo são mesmo as crianças.

Parceria: Piratas e Princesas
Animam e decoram festas de crianças. Trazem um conceito novo, mais humano, mais ecológico e mais divertido.

Horário:
28.04.2018 | 15h30-16h30
Local: Fonte da Seiceira
 

Peddy Paper

Vamos seguir pistas e partir à aventura em busca de algo escondido algures no Ameixial.

Responsável: Pascal Rodrigues
Bio do Pascal Rodrigues: Pascal Rodrigues, um bem-disposto apaixonado pela natureza, animação e interação com as pessoas, quando não está a jardinar ou a animar uma festa, podemos encontrá-lo a correr pelos cerros na companhia dos seus amigos.

Parceria: Piratas e Princesas
Animam e decoram festas de crianças. Trazem um conceito novo, mais humano, mais ecológico e mais divertido.

Horário:
28.04.2018 | 16h30-17h30
Local: Fonte da Seiceira

Jogos Serranos

Jogos tradicionais divertidos para todas as idades.

Bio do Pascal Rodrigues: Pascal Rodrigues, um bem-disposto apaixonado pela natureza, animação e interação com as pessoas, quando não está a jardinar ou a animar uma festa, podemos encontrá-lo a correr pelos cerros na companhia dos seus amigos.

Parceria: Piratas e Princesas
Animam e decoram festas de crianças. Trazem um conceito novo, mais humano, mais ecológico e mais divertido.

Horário:
29.04.2018 | 15h-16h
Local: Fonte da Seiceira

CAVAQUEIRA

Miguel Judas- "As minhas caminhadas"

Miguel Judas convida-o a caminhar no seu recente livro “Os 200 Melhores Percursos de Trekking de Portugal”. Os seus momentos de caminhadas e de dois outros convidados surpresa serão o tema desta amena cavaqueira.

Bio do Miguel Judas: Colaborador de publicações como as revistas "Visão" e "Evasões" ou o jornal "Diário de Notícias", há muito que Miguel Judas tem nos caminhos do Portugal profundo uma das grandes paixões profissionais. O jornalista sente-se especialmente atraído pelas zonas menos conhecidas, tantas vezes esquecidas, onde há sempre algo de novo para revelar – locais, histórias, tradições, sabores, paisagens e especialmente pessoas.

 

Horário:
28.04.2018 | 18h-19h
Local: Pavilhão do Grupo Desportivo

YOGA NA EIRA

Yoga na Eira

Após uma manhã a caminhar e uma tarde a aprender, que bem que sabe uma sessão de Yoga numa das magníficas eiras que podemos encontrar na aldeia do Ameixial.

Responsável: Eloisa Casals

Bio da Eloisa Casals: Instrutora do Yoga formada pelo Yoga Sámkhya Instituto / Confederação Portuguesa do Yoga, com especialização em Yoga para crianças e em Yoga para Gestantes, neste momento a frequentar o segundo ano do grau de Professor do Yoga. É a Diretora do Áshrama Albufeira - Centro do Yoga e pertence à Direção da Associação Regional do Yoga do Algarve.

Parceria: A ARYAL, Associação Regional do Yoga do Algarve, criada em 2004, é uma instituição sem fins lucrativos e uma das cinco Associações Regionais do Yoga em Portugal, das quais fazem parte, cerca de meia centena de centros do Yoga (Áshrama) em Portugal. Nestes Centros do Yoga são ministradas aulas de Yoga Sámkhya, por instrutores certificados pela Confederação Portuguesa do Yoga, também esta sem fins lucrativos.
 
Horário:
28.04.2018 | 18h
29.04.2018 | 17h
Local: Eira

ANIMAÇÃO MUSICAL

Danças do Mundo

Realizar uma roda de dança, onde o público presente (todas as idades: pais, filhos e avôs) é convidado a participar nesta festa.

Horário:
28.04.2018 | 19h30
Local: Fonte da Seiceira

Trio Kilôco

O conjunto musical Kilôko toca arranjos de temas de musica italiana, brasileira, de Cabo Verde, Cuba e standard de jazz. Num formato minimalista as vezes foge do tema original e entra num território de improvisação audaciosa. O clarinete de Luis e a voz do Mick guiam as danças alternativamente, enquanto o groove é mantido pela percussão do Ian e a mão direita do Mick, sem contar o som dos pês, dos chocalhos nos pés...

Os espectáculos são divertidos e a experiência dos músicos faz com que haja sempre um caminho a seguir na direcção certa. Para se curtir a vida a fundo é preciso ser um pouco Kilôko!

Horário:
28.04.2018 | 21h30
Local: Fonte da Seiceira

error: Este conteúdo está protegido
error: Este conteúdo está protegido